terça-feira, 3 de julho de 2018

Aprendi a orar pela restauração do meu casamento e Deus nos abençoou


Que maravilha receber esse testemunho, isso prova que com as armas certas e com Deus na frente, vencemos qualquer batalha. Glória a Deus pela vida da querida irmã Paula, ela reconheceu seus erros, fechou as brechas e se colocou na posição correta pela restauração do seu casamento. Deus por sua misericórdia ouviu sua oração e operou o milagre.

"Paula que Deus seja o centro da sua família, que agora com o conhecimento que tem, prossiga orando e jejuando pela conversão do seu esposo, tenho absoluta certeza que esse dia irá chegar e vamos glorificar ainda mais o nome do Senhor. Deus abençoe!!!"

Sol
................................................................................................................

“E até a velhice Eu serei o mesmo, e ainda até às cãs Eu vos carregarei; Eu vos fiz, e Eu vos levarei, e Eu vos trarei, e vos livrarei”. (Is 46:4 – Bíblia de Estudo da Mulher)
UM CASAMENTO RESTAURADO, DOIS DESERTOS

Conheci meu marido em um evento da Igreja onde eu estava desde que nasci e ele, desde os 3 anos de idade. Nos casamos e, aos poucos, fomos deixando de nos congregar. Fiquei grávida no primeiro ano de casamento. Logo que meu filho nasceu, meu marido disse que não sabia se Deus existia. Depois de um tempo, passou a dizer que era ateu! Com a mente cauterizada, por estar afastada da Palavra, não fiz NADA a respeito! Não discuti, pois sabia que não resolveria, mas também não orei! Os anos se passaram e o nosso casamento foi se degradando. Eram discussões, brigas, bate-boca. Um cenário muito triste! Em várias ocasiões, ele dizia que iria se separar de mim, mas, em seguida, voltava atrás. Uma vez dei um ultimato: “se disser que vai se separar, que seja para valer”! Eu achava que isso era amor próprio, que eu devia me valorizar; que se ele não queria ficar comigo, que fosse embora! Mesmo pensando assim, eu ficava cada vez mais triste!

No ano em que completaríamos 10 anos de casados (2018), ele se decidiu: iríamos nos separar. Ele estabeleceu uma data para sair de casa e começou a procurar outro apartamento para alugar. Como não tinha outra pessoa envolvida, não teve pressa de sair. Por várias vezes, fiz um check list mental, pensando se eu tinha feito TUDO que podia ter feito pelo nosso casamento. Até que, em uma dessas vezes, me dei conta de que não tinha feito UMA coisa: orado! Justo eu que, nos tempos de juventude era conhecida como uma “mulher de oração”!

Peguei um livro amarelado na estante que eu não tinha terminado de ler: “O poder da esposa que ora”. Comecei a orar e passei a ser atacada covardemente pelo inimigo. Tive ataques de síndrome do pânico. De início, procurei ajuda médica, pois era o mais racional a fazer. Mas, nesse ínterim, encontrei uma página sobre libertação espiritual. A ideia inicialmente era orar pelo meu marido, mas logo aprendi como lidar com as minhas “brechas” e a repreender demônios que agem especificamente na área de doenças mentais. (Recomendo a página do Pastor Gomes). Fui liberta!

Certo dia, no aplicativo do Pinterest apareceu um link para o YouTube sobre oração. Era do canal “Minuto com Deus”. Comecei a ouvir um áudio após o outro até ver uma recomendação para o canal da Sol (Sol Restauração). Ouvi o áudio sobre “Mudança de Estratégia na Oração”. As “escamas” dos meus olhos caíram! Fui ouvindo um áudio após o outro, reconhecendo meus erros no casamento, confessando meus pecados a Deus. Passei a orar várias vezes por dia, jejuar e buscar santificação. Depois conheci o canal do presbítero Walter (Walter Borges Restauração de Casamentos), o canal da Agatha (Agatha Cristiane Restauração de Casamentos) e da Juliana (Mulher Virtuosa 31). Comecei a ler o livro da Erin Thiele: "Como Deus pode e vai restaurar seu casamento”. Passei a usar as lives de batalha espiritual do canal do presbítero Walter para orar. Fui MUITO abençoada pela orientação de cada um de vocês! Algum tempo depois, conheci os canais da Milena (Enquanto espero por Restauração) e do Kleber e da Andréia (Casal na casa do Oleiro). Recomendo todos!

Depois de 3 meses orando e buscando a Deus em primeiro lugar, na última noite de um jejum de 3 semanas, meu marido disse que não iria mais se separar e me pediu desculpa pelo mal que me causou. Como ele esteve em casa durante todo o processo, pude testificar que a transformação dele foi aos poucos e ainda está acontecendo. Foi uma vitória para Deus. Terminou um deserto: o da separação. Mas começou outro: para ele se voltar para Deus! Então, os jejuns, as orações e as participações nas lives de oração continuam até hoje! Ainda estou no deserto, mas em outro. Às vezes me sinto cansada, então me lembro que, na presença de Deus, posso repousar nas águas de descanso (Sl 23). Comecei a buscar ajuda no canal do Pastor Lôbo Jr. (Oswaldo Lobo), sobre libertação espiritual e intercessão, e no canal Instituto Vida para Todos, que contém estudos da Palavra de Deus. Tenho sido muito ajudada e recomendo!

Tenho muita gratidão ao Senhor pela disponibilidade dos servos de Deus em ajudar outros. Que Deus lhes recompense! Deus seja louvado!

Paula serrat
paulamserrat@gmail.com

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Deus é maravilhoso restaurou meu casamento e minha família





Que alegria partilhar com vocês mais um testemunho, esse pela extensão vocês contemplarão um grande milagre, o Senhor foi transformando, quebrando o vaso e restaurando aos poucos até chegar na restauração da família. Glória a Deus por tantas obras em nosso meio, hoje por mais um milagre na vida da Dulcilene mais conhecida como Du, estamos em festa porque sabíamos que isso seria questão de tempo. 

"Du que sua vida e testemunho sirvam de exemplo para outras pessoas que buscam pela restauração, que sua fé seja aumentada a cada dia e que sua família prossiga unida no amor de Deus. Muito feliz por você, que o Senhor abençoe sua caminhada, você é uma mulher de fé, guerreira, a menina dos olhos de Deus".

Sol
............................................................................................................................................................
"Bem aventurado os que esperam..." Daniel 12: 12 
Toda honra, toda glória e todo louvor sejam para ti meu Deus todo poderoso!!!

É com meu coração cheio de alegria e gratidão que volto aqui mais uma vez para contar mais uma maravilha daquele que não dorme e nem tosqueneja fez em minha vida e na minha família. Bem primeiramente digo que vou contar em detalhes tudo o que o amado da minha alma fez para edificação de outras vidas. 

Eu e meu marido já nos conhecemos desde pequenos quando meus pais se separaram. Cada dia minha mãe precisava deixar eu e meu irmão na casa de uma tia, já que nossas irmãs estudavam, e na casa do meu padrinho era uma tristeza porque vivíamos em pé de guerra com os vizinhos (meu marido e minhas duas cunhadas), eles tacavam pedras na gente kkkk. 

Crescemos e fomos ficando independentes e já não precisávamos das tias, comecei a trabalhar muito nova, pois minha mãe sozinha não conseguia arcar com tudo, e não encontrei nem minhas cunhadas e se quer meu marido. Então meu irmão fez um time de futebol, e todo domingo estava eu e as “zamigaaaass” lá no campo. 

Em 1999, meu então futuro marido, começou a jogar nesse time, mas eu sequer olhava para ele, foi aí que uma amiga namorada de um amigo dele me falou "Jeffinho quer ficar com você" eu: kkkk fala sério, nem rola . 

Festa na minha rua uma festa Agostina, acreditem eu pra ficar depois das 22h na rua tinha que pagar meu irmão para ligar para mãe e dizer que estava com ele rsrs, e nesse dia os meninos me cercaram e falaram dá uma chance ao cara, ele está muito afim de você, e eu me dando de difícil disse: "vou pensar" rsrs. Detalhe já não estava frequentando a igreja e não tinha a comunhão que tinha com Deus, já bebia, e queria viver aquele jeito do mundo porque era mais divertido. 

Fiquei com meu marido naquela noite, daí virou perseguição, descia do ônibus da escola a noite e quem estava me aguardando na segunda-feira? Isso mesmo, ele. Me ganhou pelo cansaço kkk. Começamos a namorar, em um ano eu namorei, noivei, engravidei e casei no dia 23/12/2000. Eu disse sim aquele que seria meu amado até a morte nos separar. 

Passamos diversas dificuldades não trabalhávamos ainda, morávamos com minha mãe e padrasto e dependíamos deles e dos pais do meu marido pra tudo. Samara nasceu, e com dois meses de vida eu fui internada as pressas com uma infecção muito grave ficando 15 dias longe deles, nisso descobrimos que a Samara era alérgica e teve que mamar no peito de minha irmã até que me recuperasse. 

Voltando pra casa notamos ela quente febril, levamos ao medico e Samara estava com meningite meningocócica, minha filha suportou quase 48h até descobrirem, ela chorou por 24 horas sem parar. Meu marido chorava na janelinha do quarto do hospital, eu não sabia se olhava ele ou ela. 

Para honra e gloria de Deus Samara se recuperou em uma semana, mas começamos outra luta com a alergia. Vivíamos bem, sempre fomos amigos e parceiros pra tudo, até que começaram as lutas eu passei por alguns desertos sem saber, pois não tinha essa visão que hoje tenho, por isso fazia tudo com a força do meu braço, e com a misericórdia de Deus, 11 anos depois da Samara eu engravidava da Sophia. 

Seu nascimento foi uma prova, pois passei nove meses de repouso absoluto e uma dieta rigorosa, a pressão estava muito alta, pela gloria de Deus estou aqui pra contar quantas coisas Deus fez, tive duas paradas cardíacas a pressão estava 25x15 e eles precisavam tirar a Sophia, não tive o apoio do meu marido pois ele ficou com medo de ir ao hospital. Segundo minha cunhada, ele antes chorou muito e ficou horas parado como se estivesse pensando e pedindo a Deus para que nada demais acontecesse, e mais uma vez Deus esteve ao meu lado. 

Já em casa passamos dias apaixonados, ele estava tão família que nem eu mesma acreditava rsrs. Estávamos enamorados durante dois anos, ate que descobria a gravidez da Sarah, aí tudo desmoronou, quanto contei ele se transformou disse que não queria outro filho, que iria comprar um remédio para eu tirar o bebê. Concordei com meu coração sangrando e deixei ele fazer como queria, daí comecei a me voltar a Deus, e disse que não aceitava tirar meu bebê. 

Ele parou de falar comigo só se dirigia a mim para perguntar quando eu ia tomar o remédio, eu apenas disse a ele que iria primeiro fazer uma ultrassom para saber com quantos meses estava, pois não poderia colocar a minha vida em risco já que tínhamos outras filhas, ele concordou. Fiz a ultra e minha mãe estava comigo toda boba e preocupada porque sabia a luta que foi com a gestação de Sophia. Contei a ela todas as coisas que meu marido falou, e ela disse que iríamos passar por tudo aquilo com ele ou sem ele, e que aquela criança seria a paixão da vida dele. 

Como chorei quando ouvi o coração dela bater pela ultra, estava grávida de quase quatro meses. Cheguei em casa e ele perguntou e aí o que você vai fazer ? Falei vou ter a criança, pois ela já tem pernas, braços e um coração que bate forte. Ele na mesma hora foi sentando e repetindo tem perna, braço ..., ligou para o amigo e falou a mesma coisa, “tem perna, braço já é gente cara kkk, suspende o remédio”. 

Aí mais uma vez a pressão dava o ar da graça, só que dessa vez antes do parto, fui parar na CTI a médica pediu apenas que eu fosse para o hospital, pois lá eles teriam o socorro pra mim. Ela não queria que eu ficasse em casa, ele me levou junto com minha mãe, eu fiquei e eles foram embora, não podia ter acompanhante. Logo comecei a passar muito mal, tendo que ser transferida para CTI. Passei uma semana no CTI, e fui para o quarto tendo alta dois dias depois. 

Novamente nada de nada, eu não poderia trabalhar e nem fazer nadica de nada, dieta e sem aborrecimentos. Larguei tudo pela minha filha, e não me importava com meu marido era só com as meninas, não dava a atenção que precisava apenas tratava ele bem. Sarah nasceria em fevereiro 2016, minha sogra faz aniversario no dia 26/01 e lá estava eu subindo o moro da casa dela e no amanhecer do dia 27/01/2016 a bolsa estourava. 

Liguei para ele, pois estava pra largar o plantão, logo chegou e fomos para o hospital, Sarah nasceria, minha medica pediu para que não tocassem em mim pois ela iria fazer a minha cirurgia e só perguntou como estava a minha pressão que aquela altura já estava um pouquinho alta. Deu tudo certo porque Deus mais uma vez era comigo. 

Seguimos nossa vida normal, eu dona de casa por sinal uma péssima dona de casa, preguiçosa e relaxada, e meu marido já começou a dar indicio que tudo aquilo o irritava, só que eu nem ligava. Colocava a culpa nas meninas pois não tinha tempo pra nada, andava igual uma louca descabelada, não em arrumava porque eu achava que tinha o domínio de tudo e que ele não me largaria pois me amava como eu era. ( Que burra dá zero pra ela!!! ) rsrs 

Completávamos 16 anos de casamento no ano de 2016, passamos Natal juntos e o Ano Novo separados, pois ele trabalha a noite. Passamos a noite trocando mensagens e dizendo como era bom estarmos juntos, sem saber o que estava por vir. 

Meu deserto começou no dia 08/01/2017, onde eu estava toda errada fazendo tudo o que agradava a satanás e desagradava a Deus, entre os primeiros dias de 2017 eu vinha questionando e reclamando com meu marido a respeito de sair, ir a praia e entre outras coisas. Eu vivi apenas para ele e minhas filhas, e estava sendo manipulada em chamar meu marido a realidade de que iria perder, aquela mulher boa, ajudadora e compreensiva que ele tinha. 

Então no dia 05/01/2017 resolvi pegar uma praia com minha cunhada, levamos cervejas e passamos a tarde falando mal dos outros e enchendo a cara. Eu estava há anos afastada do Senhor porque como disse, vivia para minha família, eles eram a minha prioridade, só que naquela época eu já estava de saco cheio de ser só eu pra tudo, e nunca ter de volta o que eu dava. 

Chegamos em casa já tarde, era horário de verão meu marido estava trabalhando e eu tinha pedido autorização para ir e deixei a bebê com alguém e fui, meu irmão marido dela no portão chamou nossa atenção e minha resposta foi: ah fala sério, vocês podem e nós não? 

Meu marido chegou e eu já estava em casa de banho tomado e janta pronta, ele só perguntou se eu fui à praia como tinha dito e com quem tinha ido, respondi que sim. Ele não gostou nem um pouco, porém não disse nada, sua fisionomia dizia tudo, mas eu já estava cansada daquela vida onde só ele tinha a liberdade de sair e chegar a qualquer hora em casa. Dizia que ia a um lugar e estava em vários porque não tinha paradeiro certo pra ele, e eu queria a atenção dele. 

Como disse no dia 8 de janeiro eu estava na casa do meu pai, pois meus pais também se separaram e digo a vocês que sentia essa dor até pouco tempo atrás, e nesse dia mais uma vez estava eu ali cercada de pessoas que não gostavam muito do meu marido. Depois que nos casamos deixei algumas coisas de lado e agora estava ali novamente com aquelas pessoas falando mal de meu amado marido, se arrependimento matasse eu hoje não estaria aqui contando nada disso rsrs. 

Meu marido estava em casa e minha filha mais velha também, ele me deixou ir com as pequenas para meu pai. Ele estava bem estranho naquele dia, foi a praia com os "amigos", e eu pra casa do meu pai, a tarde recebi uma mensagem via whatsaap que dizia: "Cara não dá mais pra vivermos de aparência, acho que estou preso a um casamento que não existe, quero viver a minha vida, não ter que dar satisfação a ninguém, não quero isso pra mim, estou indo trabalhar, amanhã conversaremos e não quero choros e nem nada porque não volto atrás na minha decisão". 

Ele tinha ido a praia com a outra mulher (OM). Eu li a mensagem e digo a vocês que falei pra mim mesma, fogo de palha, amanhã quando conversarmos trago ele de volta a realidade e tudo isso acaba. Mandei uma mensagem dizendo que não estava entendendo nada, mas que esperaria pra conversarmos pessoalmente. Chegando em casa encontro tudo dele em cima do sofá da sala e uma adolescente revoltada em casa. 

Chão aberto debaixo dos meus pés com seu relato, ela dizia que o pai aqui não ficava mais, que ele era podre, que estava falando com uma mulher no telefone dizendo “já dei o papo a ela, e aí? vai arrumar um lugar para eu ir morar com você? estou sem casa e pra casa dos meus pais não quero voltar”. 

Na mesma hora liguei pra ele e a desculpa foi “cara era uma amiga nada a ver o que você está falando, Samara tá maluca”, essas foram as suas palavras e disse que conversávamos amanhã. Dia seguinte ele me chega em casa e não fala nada, entra e sai passa o dia fora, a noite chega e diz que ta se sentindo mal que não quer mais aquela vida, que vai me dar a assistência que preciso pra meninas, e eu pergunto: “você tem outra pessoa? Porque já tiveram outras e da mesma maneira que entraram sumiram”, e ele disse que não, apenas queria ficar solteiro. 

Ele saiu foi na casa dos pais conversar, chegando lá os pais lhes disseram “tudo bem, não podemos dizer o que você tem que fazer, a escolha é sua, mais aqui não entra outra mulher que não seja minha nora e netas”. Ele voltou pra casa, dormiu colado na parede nem me olhava parecia me odiar, no dia seguinte arrumou umas coisas e foi embora. Eu não estava acreditando naquilo, mas em momento algum o impedi de ir. 

Os dias foram passando ele vinha ver as meninas e chegava sempre lindo, cheiroso e com um sorriso de orelha a orelha. Em um sábado ele veio e ficou dez minutos, disse que ia sair com um amigo, ele já tinha me excluído do facebook, mas eu tinha a sua senha e entrei pra ver e me deparo com uma foto com a seguinte legenda: “Deus é fiel esperamos vinte anos para viver o nosso amor”. 

A minha raiva era tanta que joguei a foto no grupo da família arrasando com a vida dele, e logo descobri que aquela mulher era uma prima de terceiro grau com quem ele tinha tido um namoro na adolescência. Na mesma noite eu mandei mensagem arrasando com ele, o chamei de moleque, mau caráter e etc... E ele dizendo que não sabia de nada, que ia excluir e falar com a OM porque ela usou o face dele para postar e não o dela, disse que ela se aproveitou que ele estava tirando fotos no tal evento e fez a postagem, ele disse que ligaria para ela e apagou a postagem. 

Nossa como chorei por dias a fora, eu ligava me humilhava pedia para ele pensar na besteira que estava fazendo, que tínhamos filhas e precisam dele e etc. Eu ia atrás mandava mensagem e ele me ironizava dizia que ele estava com a mulher da vida dele, que tudo o que ele almejava em uma mulher ele tinha com ela, que ele o satisfazia em todas as áreas de sua vida e era com ela que ele queria ficar. 

Ai como eu não via solução resolvi entrar na internet e comecei a procurar como superar o término de um casamento, até magia negra eu confesso que procurei para poder acabar com aquela mulher que roubava meu marido de mim. Minha cunhada é espírita e ate comentei com ela, ela disse: “eu faço, mas não posso colocar a mão tem que ser você”. Na mesma hora disse que era só um pensamento na minha cabeça, e ela disse: “seu irmão tá comigo e não gosta dessas coisas, se você for fazer não deixa ele ficar sabendo porque ele é temente a Deus e acredita que só existe um Deus como sua mãe”. Que vergonha o diabo me fazia passar ali, porque eu também era temente a esse Deus que ela narrava. 

Só que o meu desespero de ter meu marido era maior e eu que queira que fosse pra ontem. Detalhe eu estava desempregada e com três crianças, desesperada porque as contas iam vencer e não teria como pagar. E ele a todo tempo dizendo que eu tinha que dar um jeito de deixar as pequenas com alguém e começar a trabalhar. Doía meu coração ouvir tudo isso dele, pois eu sempre fui ajudadora, sempre estive ali pagando todas as contas de casa, era eu quem arcava o plano de saúde, muitos me chamavam de boba por conta disso e ele andando de carro pra cima e para baixo. 

Sua despesa era a prestação do carro e a gasolina, ele não se preocupava com mais nada, como eu errei nesse quesito em querer tomar A FRENTE DE TUDO. Os dias foram passando e nada dele voltar, tive a pior ideia da minha vida, mandei mensagem pra a OM, via messager no facebook, dizendo a ela que ele já tinha feito varias vezes isso e que no fundo era a mim que ele amava e que Deus iria devolver a minha família. Disse que não sabia quanto tempo isso iria durar, mas ela iria ver quão grande é meu Deus. 

E falei pra ele o que tinha feito, ele ficou muito bravo, disse que não tinha saído de casa por conta dela, que eu não tinha o direito de fazer isso e entre outras coisas. No aniversário da minha filha de um ano ele disse que faríamos a festa, antes de tudo isso acontecer, enviei convites e tratei da festa e ele logo disse que não faria mais nada, que era pra cancelar, que vergonha!!! 

Fiz como ele me pediu e cancelei. Fiz uma comemoração menor em casa mesmo, minha mãe me ajudou nas despesas, e não participou porque estava odiando meu marido, mas todos da família dele vieram e ele também, digo a vocês que foi tenso porque eu morria de vergonha, pois todos já sabiam por mim de que não estávamos mais juntos e que ele estava com a OM. 

No mesmo dia, na madrugada eu descobriria sobre restauração de casamento na internet, comecei vendo os vídeos da mulher virtuosa da Juliana, descobri a Agatha e li um testemunho que me levaria a crer que Deus poderia e iria restaurar o meu casamento. Já tinha devorado o livro, e nesse testemunho havia um email que eu logo mandei, era o email da Sol, do blog Restaurar Casamentos. Isso foi no dia 08/02/2017 e como já tinha entrado em contato com vários e não obtive resposta aquele para mim seria mais um, só que logo recebi a resposta fiquei muito feliz e olha que aquela resposta acalmou tanto meu coração. Não incomodei mais aquela mulher do email, e segui com apenas alguns conselhos que ela havia me dado. 

Em fevereiro perdemos um sobrinho muito amado, sobrinho dele, filho único de sua Irma. Sobrinho que eu conheci aos três anos de idade e era como meu filho, fui incumbida pela minha cunhada a ficar com minha sogra nesse dia e saber pelo meu sogro que o Sávio não estava mais entre nós, quanta dor meu Deus!!! 

Liguei para dar a notícia a meu marido que saiu do trabalho feito louco, chegando me dando um abraço de tipo “valeu pela força”. Eu estava sofrendo como eles, era meu menino também, passei em casa para dar a noticia a Samara e como foi difícil ver minha filha sofrer aquela perda. Nesses dias ainda no luto recebi uma mensagem da OM me humilhando e me chamando de tudo quanto foi coisa, dizendo que filhos não seguram homem e nem casamento que eles estavam felizes e tal, e muitas fotos deles dois juntos. 

Acabou com a minha semana tudo aquilo falei a ele o que tinha acontecido e ele nem aí, me culpava porque eu quem dei oportunidade dela fazer isso já que eu também havia mandado mensagem para ela. Dias horríveis passamos ali caladinhas eu e minhas filhas, até que quando achei que ia melhora r, as coisas pioravam. Em casa estava bem difícil, vivendo da misericórdia do Senhor, eu já não almoçava e nem jantava, a minha desculpa era estar sem vontade de cozinhar, e aí eu levava as meninas pra comer na minha mãe ou na minha sogra, mas eu não comia por vergonha da miséria que vivia. 

Sempre tive tudo na mesa nunca faltou nada, e ver aquela situação mexia com o meu brio, perdi 10 quilos em um mês. Uma tia do meu marido perguntou se eu queria fazer uma faxina e eu aceitei, mesmo sem nunca ter feito faxina na vida, só que eu não queria depender de ninguém para comprar o leite das meninas, e também precisava pagar alguma coisa em casa, foi o pior dia da minha vida eu chorei cada vaso que lavei, cada chão da casa que eu passei o pano de chão foram lavados com minhas lagrimas, sai dali e fui a pé pra casa pra não gastar com passagem e poder dar pra comprar as coisas que precisávamos em casa. 

Dia 04/05/2017 novamente perdida mandava outro e mail para Sol, e logo recebia a resposta, era Deus eu pensava, nesse mês também recebia uma visita de um casal de pastores em minha casa, eu deitada prostrada sem vontade de nada, eles tinham ido visitar a Samara, pois ela havia participado de um culto na igreja deles a meses atrás, e ali eu falei bem baixinho para aquela pastora " ore por mim, meu marido foi embora e eu to passando por tantas coisas e nem sei o que fazer". Ela disse quer seu casamento restaurado? seu marido de volta transformado? Levanta desse sofá, e vai buscar aquele que pode mudar a sua historia. 

Me senti balançada com aquelas palavras só que a minha dor era maior e eu só queria terminar com aquilo tudo, então pedi ao meu marido que me falasse onde ele tinha guardado o remédio para ratos(chumbinho), eu sabia que tinha um vidro cheinho em casa, e a minha ideia era colocar na comida, íamos comer bem tarde, dormimos e não iremos acordar mais. Esses eram os pensamentos do diabo para minha vida, tirar a minhas vida e das minhas filhas. 

Só que ele já sabia que Deus tinha proposito na minha vida, eu sabia que casamento é até a morte, eu confiava nessa promessa e comecei a buscar pela benção corria atrás dela como cachorro sem dono em busca de alimento para sobreviver, voltei para igreja sim voltei porque queria que Deus mudasse o meu casamento e não entendia que Ele queria mudar a minha vida. Meu deserto na realidade foi dolorido sim foi, mas eu posso dizer a vocês que se houve separação se ela aconteceu foi por apenas três meses, onde meu marido não queria olhar na minha cara. 

Meu marido dizia que nada tinha mudado ficávamos juntos sempre e até a minha opinião era importante para ele em tudo, mesmo muitas vezes ele me tratando mal e falando coisas que feriam meu coração, eu suportei. Em um ano e cinco meses, vi meu marido largar a OM de quinze em quinze dias, eram brigas e agressões físicas entre eles, vi meu marido passar dificuldades e perder um dos empregos por justa causa e eu ali ao seu lado apoiando, falando palavras de consolo, e cobrando muitas vezes a ele uma posição. 

Numa dessas brigas a minha filha Sophia de cinco anos estava com eles e ela o agrediu empurrando ele em cima de nossa filha e quase quebrou o bracinho dela, Sophia tomou pavor da OM, ele quase não levava as meninas para casa dela, pouco contato elas tinham com ela, ele dizia que respeitava a minha dor de dividir as meninas com uma pessoas estranha, mas se eu falasse algo que não o agradava, ele pra me ferir pegava as meninas. 

Eu sempre dizia as minhas filhas tratem ela bem, sejam educadas. Certo dia a Sophia disse para mim "mãe eu amo muito você, só que também amo muito meu pai, então eu tenho que ir com ele, mas eu não amo aquela mulher eu só gosto dela tá bom." Eu falei minha filha não tem problema você ir com o papai, e Deus sabe de tudo não se preocupe. Ela me responde eu falei para Deus que quero meu pai em casa, minha família de volta e ele disse que vai trazer o papai de volta, então não chora mais não tá mamãe? Deus usa quem ele quer e minhas pequenas foram muitas usadas nesse tempo por ele para me ajudarem ate em oração e louvores. 

Nesse meio tempo eu já estava com várias pessoas de deserto me ajudando, me aconselhando e etc. Quantas broncas recebi da minha amiga e irmã Adnolia quando ligava para ela chorando, quantas palavras boas do João Marcos e da Luciana, Katia virou uma irmãzinha amada, uma cuidando da outra, e pode parecer loucura, mas Deus começou a enviar outras mulheres para eu ajudar rsrs. A karol minha amiga linda que só conheço de conversas de whatsaap eu já amo e a luta dela e minha também, enquanto eu ajudo a curar a dor de umas irmãs, Deus ia curando as minhas. 

No dia 23/12/2017 era nosso aniversario de casamento e eu sofria porque sabia que não poderia nem abraçar e nem dizer a ele o quanto era grata por ser meu esposo, chorei a noite toda do dia 22 e no dia 23, ele me liga dizendo to indo ai, logo de manhã cedo, glórias a Deus!!! Passou o dia todo comigo, quando se aproximou a hora de ir trabalhar ele levantou e ia me abraçando e falando algo, quando minha irmã chamou na porta e ele apenas disse “vou lá”, saindo porta a fora. A noite ele me liga dizendo que não estava me escutando direito eram 23h20 da noite e ia me enviar mensagem. 

Abri o áudio da mensagem onde ele dizia “hoje é dia 23 né? eu mandei uma mensagem dizendo “sim, até meia noite rsrs”, e ele disse você entendeu, e acrescentou “obrigado por ser minha esposa, eu sei que sou todo errado estou numa parada que nem sei se vai dar certo, mas queria te agradecer por 17 anos me aturando”. Louvado seja nosso Deus e Senhor Jesus Cristo!!!. 

No dia 24/12/2017 me ligou dizendo que iria em casa dar feliz natal para as meninas e para mim, disse que poderia vir sem problemas passamos a tarde juntos eu e ele, telefone toca, ele levanta e vai embora, mas já não me sentia mal e estar com ele, aprendi que ele era meu marido e agradecia a Deus por ele ainda querer muito estar comigo e sentir a minha falta, principalmente em datas comemorativas. 

No dia 30/12/2017 eu disse a ele q estava cansada daquela situação que não queria ser amante do meu marido e ele respondia apenas você é esposa não amante, dia 31/12/2017 mais uma vez ficamos juntos, tivemos uma tarde maravilhosa, ele ficou ali deitado fazendo carinho no meu rosto e me disse: “quem sabe a gente não volta em 2018?”. (Profetizou e nem se deu conta porque eu tomei posse na mesma hora ) kkk. Saiu dizendo isso e que me ligaria para me desejar feliz ano novo, só que não dei creditos porque sabia que a OM era possesiva demais e vigiava ele em tudo, não podia nem falar comigo por whatsaap e se me ligasse era briga na certa. 

Nunca liguei e nunca mandei mensagem quando ele estava com ela, sempre respeitei só respondia quando ele me procurava, não conseguia ficar um dia sem falar comigo e quando me mandava mensagem dizia “vou para de te dar moral porque só eu que te procuro, mando bom dia e tal e você tá nem aí pra mim, não mereço que me trate mal”. Não sei qual foi o jeito que ele deu, mas cumpriu e me ligou dizendo “meu amor feliz 2018 você merece tudo de bom, amo vocês, não te disse que ia te ligar, ta vendo você não acreditou em mim, nunca vou abandonar você mulher e desligou”. 

Dia seguinte eu na casa de minha cunhada irmã dele, ele começa a me monitorar querendo saber onde eu estava porque tinha ido lá pra casa, e me enviado mensagem dizendo que o ano começou um droga com brigas e tal, apenas disse, “é assim mesmo fica em paz!”. 

Janeiro 2018 aniversário de 2 anos de Sarah acabou a festa e ele foi ficando, me ajudou a limpar o salão e dormiu em casa mais uma vez, como relatei, eles não ficavam muito tempo de boa, a cada quinze dias ele estava na nossa casa, ela se incomodava comigo e me trazia a vida deles a todo momento. Dizia que que não entendia a relação que ele tinha comigo, que deveria pedir o divorcio e pegar a guarda compartilhada das meninas, e ele para mim dizia que nunca faria isso. 

Março de 2018 como relatei em outro testemunho, fiz o Peniel (encontro na igreja) e já estava buscando a tempos pelo abençoador e não pela benção. O encontro era somente para concretizar aquilo que eu já estava vivendo com Cristo. Em abril achei que tudo tinha chegado ao final, estava na igreja e tocava aquela música “Cadeias Quebrar”, e eu clamei pedindo a Deus que quebrasse todas as cadeias na minha vida, assim que o louvor terminou, meu celular tocou era ele, tinha saído para um futebol e passado o dia todo na resenha como ele mesmo diz, com os amigos e ao chegar em casa a OM começou a falar na cabeça dele e já estava irritado com muitas coisas, pois ela não trabalha e fica cobrando as coisas e se achava melhor do que eu em tudo. 

Ele me defendia dizendo que ela não sabia quem sou pra falar tanta bobagem e aí ele saiu de casa, 15 de abril e ficou dormindo em casa por quase quinze dias, dessa vez eu confesso que achei que meu casamento estava sendo restaurado, até que no dia 01/05/2018 ele sumiu e quando me ligou a voz já era outra as mensagens já eram formais. Não perguntei em momento algum o que estava acontecendo, mas ele disse “eu não estou mais na minha mãe, estou lá na casa da outra”, como sempre se referiu a ela. 

Apenas disse ok, sempre terá o meu respeito. Nesse dia eu começava um propósito com uma irmã da minha igreja, nos conhecemos desde pequena ela é prima de um pastor primo meu, se torna meio parente rsrs e daí começamos uma amizade, por isso digo Deus une propósitos e não somente vidas. Ele sempre com sorriso largo, se achando o tal, dizia pra mim que não ia mais me procurar, que precisava acertar a vida dele, já que ele quis sair de casa, que não podia fazer o que estava fazendo comigo, que não era certo e pedia para que eu não desistisse dele rsrs. 

Eu disse a ele que a minha vida estava boa, que eu tinha filhas lindas e um Deus que cuidava de cada detalhe e todo meu medo e inseguranças tinham passado, falei que pelas minhas filhas viveria pois caráter não está na testa estampado, ele me agradeceu e disse “por que você é assim? Você é uma mulher que tem defeitos como qualquer uma. Por que consegue me deixar em paz, me faz acreditar em mim mesmo? não entendo o porquê me trata bem. 

Continuei o propósito por nossas vidas sentimental, eu orava por ela e ela por mim e estudávamos um capítulo de provérbios por dia, durante 31 dias do mês de maio, confesso que tudo parecia estar desmoronando novamente na minha cabeça, mas segui com fé que Deus estava no controle como sempre esteve. No dia 11/05/2017 a nossa filha completava 17 anos e para gloria de Deus, ela quis comemorar num culto na igreja dela ao lado de todas da família, ele foi, a pregação foi sobre família, pois o pastor convidado e do ministério de famílias. Ele me olhava de rabo de olho toda vez que o pastor falava algo que mexia com ele, nos deixou em casa e seguiu para casa da OM, no dia seguinte me perguntou porque não falei com ele direto na hora que saí do carro. Ele queria um selinho rsrs e eu dei um beijo no rosto, eu falei que o tratei normal como sempre faço agradecendo a gentileza. 

Cada dia que orávamos era uma prova que passávamos, quando não era eu, era a minha amiga Lurdes, até que no dia 27/05/2018 nós estávamos retornando da igreja e vínhamos caminhando, eu vi o carro estacionado na subida da minha rua, moramos próximos e esse carro começou a andar devagar ao nosso lado, pegamos as crianças por medo, e ele baixou o vidro e disse para entrar, levou a Lurdes em casa com seu filho, e chegando na porta de casa, ele apenas me perguntou “tem roupa minha aí pra eu ir trabalhar amanhã?”. 

Eu disse que sim, ele disse “vou dormir aqui”, então concordei, logico né!!! Ele tomou banho, eu preparava algo para ele comer e de repente começou a falar que não aguentava mais, que tinha que tirar o chapéu pra mim, que a OM falou muito mal de mim, que ela não aceitava ele não falar um ai de mim, essa coisa enfureceu e criou ira nela e nele, fazendo com que ele saísse mais uma vez, de essa vez eu apenas disse “eu não tenho nada com isso, mas acho que você precisa dar um jeito, ou você fica com ela e me esquece de vez ou você larga e vai viver a sua vida, porque eu confesso que já estou cansada disso, eu te recebo, te trato bem, te quero bem e você sempre me dá uma rasteira. Amanhã se você for voltar com ela, eu irei respeitar, mas acabou qualquer envolvimento meu com você. Vai deixar até de me ver poque dentro de casa não quero mais você”. 

Ele disse: “o que isso? você não faria isso comigo né, nega? Eu sei que estou errado com você, mas uma coisa eu sei que EU TE AMO”. Acabou com toda minha super força de firmesa nessa hora, rsrsrs, mas me mantive na posição. Em todo tempo em casa sempre o tratei com se nunca tivesse saído, sempre tratei como meu marido, ele está em casa ainda meio sem jeito, deixa o carro mais acima, entra a noite só pra dormir, no dia seguinte fica com as meninas, coloca pra escola e depois vai pra casa da mãe se arrumar pra ir trabalhar ou fica lá até mais ou menos dar hora que chego em casa do trabalho e volta pra nossa casa, porém eu não dizia um nada, deixava ele a vontade, e meu coração doendo por dentro porque não queria aquela situação. 

Ele lá na mãe dele sem compromisso nenhum comigo. Aí me lembrava da minha sogra, sempre que ela falava comigo ela dizia “Deus está no controle, vamos orar porque isso vai acabar e sempre me dizia, Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. Salmos 126:6 

Minha sogra sempre tinha uma palavra para me dar quando eu estava triste e desesperada, e pior eu despejava nela muitas coisas, e ela só dizia “estamos juntas vocês são nossa família”. Acreditem a OM ligou para casa dela nessa última saída do meu marido da casa dela e falou um monte de coisas para minha sogra porque ele não estava lá e sim em casa, e ela se enfureceu e despejou toda sua ira na minha sogra, pois todos da família eram contra esse envolvimento. Minha sogra não falou nada com meu marido, ficou na dela e a própria OM contou o que fez a ele e o ameaçou de várias coisas em áudio via mensagem dizendo que ele era moleque e outras coisas mais. 

Ontem dia 20/06/2018, culto na minha igreja, eu com meu coração temendo ainda fui e pedi a Deus que completasse a obra, pois não queira viver da maneira que estava vivendo, e o pastor libertou palavras que vieram ao profundo do coração dizendo que os espíritos imundos assim como aqueles que estavam naquele homem Gadareno e foram lançado em porcos, assim seria com os espíritos em nossa casa, tudo o que estava amarrado Deus desamarrava naquela hora, fui tomando posse da minha vitoria. No final ele disse “aquela pessoa que está atrapalhando a sua vida vai sumir nunca mais terá notícias dela”. 

Quando cheguei em casa ele me ligou do trabalho perguntando se estava tudo bem, se eu estava bem, eu disse que estava, confesso a vocês que fiquei triste por ele nem tocar que meu aniversario estava próximo, como se estivesse esquecido. Fui dormi bem chateada a meia noite olhei o whatsapp e nada só um boa noite apenas. 

Hoje meu aniversario 21/06/2018 ele me liga me desejando tudo de bom, que todo amor que irei receber todo amor que mereço, que desejando tudo de bom e etc..., abri o whatsapp e me deparo com uma mensagem de feliz aniversário e com um áudio da música "dois corações e uma história". Logo mais a noite conversamos. 

Ganhei o dia foi o melhor presente da minha vida, só que eu mesmo sabendo que já estava acontecendo fiquei ligada no Espírito Santo, o dia passou eu fiz festa pra mim mesma sozinha no trabalho, ano passado todos me esqueceram quase ninguém me desejou feliz aniversario e esse ano Deus triplicou as minhas felicitações, fui lembrada até por quem não via há anos. Uma amiga ligou dizendo “vou na sua casa mais tarde de dar um abraço”. Pensei “puts ele não vai querer ir mais lá em casa”, eita pensamento bobo, nem lembrei mais, elas chegaram com surpresas fiquei mega feliz. 

Ele ligou e perguntou se eu estava com visitas, disse que depois passaria para me dar um abraço, como assim? Senhor não aceiro isso não, ele disse que viria aqui conversar comigo, perguntei onde ele estava, a resposta foi a melhor, dentro do carro esperando o povo sair para eu entrar kkk 

Imediatamente fui até o portão busca-lo, ele entrou, até minha mãe que estava lá e não queria ver ele pintado, cumprimentou-o, glorias a Deus!!! os amigos queridos, a Lurdes e seu filho Vinicius, Ana Paula e Fagner casal mara, foram embora me zoando por sinal, pois são amigos de oração e sabiam o quanto eu queria minha família de volta. 

A tarefa mais difícil nesse dia foi colocar as pequenas Sophia e Sarah para dormirem, Samara já estava lá fazendo a massagem no pai e elas ajudando porque elas mimam ele também. Por fim, elas dormiram bem tarde e papai dormiu também e não conversamos até que no dia 24/06 ele chegou lá em casa bêbado e querendo arrumar aquela confusão porque eu estava pronta para sair com as meninas para o aniversario da priminha, na frente de minha casa é o salão. Ele começou a querer fazer graça eu calma e tranquila guiada pelo ES deixei ele se acalmar fiz a carne, esquentei o jantar, coloquei no prato e ofereci a ele e disse vamos aqui em frente no aniversário, toma seu banho e descansa que daqui a pouco estamos de volta. 

Ele me olhou e disse vou jantar e vou embora eu: “ta bom meu amor”, e fui. A meia-noite chegamos em casa e ele estava dormindo, arrumei as meninas pra dormirem e deitamos apaguei, acordei com ele me chamando pedindo um remédio de dor de cabeça, levantei dei o remédio e ele perguntou se ia dormir com as meninas? Disse que tinha apenas pegado no sono, e que já ia deitar. Conversamos assuntos nada haver durante quase toda madrugada, namoramos e fomos dormir. 

E ontem ele me disse que quer continuar casado, que sou uma mulher diferenciada, que ele antes já achava isso, mas que hoje pareço ser ainda mais. A casa ta organizada, as meninas bem tratadas, que estou me cuidando me arrumando e isso tudo foi bom para mim e para ele, porque ele pode perceber o quanto sou importante para ele. E eu pude me dar o valor que muitas das vezes eu me tirava para poder suprir as coisas em casa e ele reconhece isso, que me apagou e que não quer mais isso, que vai me ajudar e que eu preciso mesmo ficar assim, linda sempre para ele, detalhe estou me amando muito mais agora até maquiagem que eu nem ligava, borro na cara agora rsrs, Deus muda detalhes pequenininhos que nem percebemos. 

A noite ele me ligou antes de ir para o trabalho reclamando porque não mandei nenhuma mensagem para ele, disse que sabia que estava no futebol e na resenha e não quis atrapalhar e a resposta foi: “você não me atrapalha nunca”. E passou o telefone para um amigo que me disse: “Amiga to com saudades de você, a minha vontade é de bater nesse cara, falei para ele, sua família tem que ser a coisa mais importante pra você, ela construiu uma historia contigo não foi da noite para o dia e você tem que valorizar a mulher que sempre esteve do seu lado, e vou te falar, conheci a OM, Jesus que mulher é aquela, seu oposto. Tiro meu chapéu pra você que sabe chegar onde quiser e a sua simplicidade e simpatia cativa quem estiver do seu lado, tem meu respeito e minha amizade e se ele te largar de novo, vou dar uma surra nele para ele deixar de ser burro” Irmãos Deus usa quem ele quer, e nesse ano todo foram amigos ímpios que ele usou para falar com meu marido a respeito de família. 

“Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (1º Tessalonicenses 5:18) 

Aprendi a dar graças a Deus por tudo, nas dificuldades, nas lutas, nas alegrias porque é isso que Ele quer de nós, que seu nome seja glorificado independente da circunstancias vividas. No dia do meu aniversario 21/06/2018 Deus confirmou que o meu casamento está sendo restaurado, ainda estamos no processo, ele ainda não foi totalmente liberto, e aquele que começou a boa obra e fiel e justo para termina-la. Eu creio que eu e minha casa serviremos ao Senhor. 

A luta ela continua, porém hoje sei que lutar com as armar certas e a confiar que Deus pode todas as coisas, aquilo que para mim é impossível para Deus é mais do que possível. 

Quero muito agradecer a os amigos mais chegados que irmão que ganhei nesse deserto: João Marcos, Luciana, kirla, Lais, Meyre, Adnolia, Leila, Lud, Rafaela, Dani, Michele, Katia, Marcos Rufino, Thiago, Karol ,Lurdes ebvAna Paula. 

A Sol pelo amor e por nos fazer a cada dia nossa fé aumentar, cada propósito que foi lançado no grupo, não fiz todos confesso, mas cada áudio, cada ensinamento foi colocado em prática por mim. Louvo a Deus por sua vida!!! 

A todos do grupo Restaurar, aos canais de restauração que foram benção também na minha vida. Minha sogra e sogro que sempre estiveram do meu lado e toda família, minha mãe e irmãs q oraram por mim. Meus pastores Alexandre e Heloísa que tem sido canal de benção na minha família. 

E a Deus porque sem Ele, eu hoje não estaria aqui, Ele me escolheu, me resgatou e me fez viver cada coisa para que seu nome fosse glorificado e eu entendesse que tudo veem dEle e por Ele. 

A vocês que buscam pela sua família, eu digo não desistam, Deus nos ama e ama a família, Ele quer apenas a nossa obediência e que ele seja a primícia nas nossas vidas sempre. Busquem a Ele pelo que Ele é, e não rodem no deserto por aquilo que Ele pode lhe dar, pois uma coisa é certa, Ele quer nos abençoar e nós não sabemos como pedir. 

Coloco em destaque esse versículo, pois foi o que me deu forças no momentode angustia. 

"Mas, os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão" (Salmos 40)

A paz do Senhor a todos!!! Quem quiser ajuda estou a disposição.

Du Oliveira
duduca8850@hotmail.com



Outro testemunho que Deus fez na vida da Du



segunda-feira, 18 de junho de 2018

Deus teve misericórdia e restaurou minha família



Ai que felicidadeeeeee, o Senhor restaurou o casamento da minha amiga "Globeleza" kkkkkkk. Conheci a Elaine no Rio de Janeiro quando fui de férias com minha família. Na época falei no grupo que estaria no RJ e quem quisesse poderia me encontrar para nos conhecermos pessoal. Conheci várias pessoas que amoooo, dentre elas, a "Globeleza". Mulata, carioca, linda e super simpática estava a minha espera numa cafeteria em Copacabana, somos chiquessss kkkkkk. Adorei conhecê-la pessoalmente, vi claramente que seria questão de tempo Deus completar a obra em sua vida, já que ela estava muito empenhada e decidida. E hoje venho glorificar ao Senhor porque Ele é bom o tempo todo, restaurou não só o casamento dela, mas sua vida... glória a Deus!!!

"Elaine creio que você precisou passar por tudo isso para reconhecer que somente o Senhor é Deus, não podemos colocar ninguém no seu lugar, nem marido, nem filhos, nem emprego, absolutamente nada, o lugar é sagrado e somente Dele. Tenho absoluta certeza que entendeu e estou muito feliz por isso, que Deus abençoe sua nova vida com seu esposo e filho, a obra ainda terá continuidade, creia e verás o agir do Senhor!!!"

Sol
......................................................................................................................................................


“Quando o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o Senhor a estes. Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres.  Traze-nos outra vez, ó Senhor, do cativeiro, como as correntes das águas no sul.  Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria.  Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos" (Salmos 126)

É com muita alegria que glorifico o nome do nosso Senhor e divido com vocês meu testemunho, Deus teve misericórdia e restaurou minha família. 

Conheci meu marido em 2008, seguimos no vai e vem durante cinco anos. Em 2012 já juntos novamente resolvemos a morar juntos e logo começamos a construir nossa casa. Em 2013 nos casamos. Vivíamos muito felizes até que em novembro de 2014 meu marido recebeu uma proposta para ir morar em Belo Horizonte. No início achei loucura, mas logo me acostumei com a ideia. Recém casados, uma nova casa, tudo perfeito. Meu marido sempre foi um homem muito ambicioso, em uma conversa perguntei qual seria o próximo cargo ele me olhou e disse: a gerência.

No mesmo instante escutei uma voz me dizendo “a cabeça dele vai virar quando ele chegar a esta cargo”, eu sem sabedoria nenhuma achei que era coisa da minha cabeça. ...tcharam, mal sabia eu o que estava por vir. Sai da empresa na qual já estava a 5 anos minha chefe me mandou embora com todos os meus direitos que felicidade!!! Meu Deus tudo perfeito. Ele foi em janeiro de 2014 e eu em maio de 2014 pois tinha que resolver algumas coisas no Rio.

Mudei para Belo Horizonte, vínhamos ao Rio visitar a parentada, mas irmãos eu comecei a ficar chata, ranzinza, rixosa, vivia de cara feia. Ele me chamava para sair com os amigos da empresa, eu nunca queria ir, só queria ele pra mim e isso o aborrecia demais. Ele sempre foi muito comunicativo, brincalhão e eu virei a chata e mal humorada.

Em novembro de 2014 engravidei, mas perdi com 2 meses, ficamos muito mal, pois era um sonho, mas Deus sabe de todas as coisas. Lembram que meu marido queria a gerência? Pois bem, em novembro de 2014 ele foi promovido e o que Deus falou comigo lá no começo e eu sem sabedoria nenhuma deixei pra lá, se
cumpriu. Ele me deu a notícia em um dia e no outro meu marido já não era mais o mesmo. Gente eu o desconheci!! Começou meu deserto. 

Neste mesmo dia ele saiu para comemorar com os "amigos" da empresa. Como ele foi a tarde achei que chegaria cedo em casa, mas não. Por volta de 22hs Comecei a ligar e mandar mensagem e nada dele responder, passei a noite à inteira assim. Ele só chegou às 6hs ...Brigamos muito e a partir daí, ele começou a me desprezar, mal me procurava. Como ele viajava a trabalho ele triplicou a quantidade de viagens, mentiras e mais mentiras e todas eu descobria, mas estava tão cega que não conseguia enxergar o óbvio. Não imaginaria que o homem que eu idolatrava tanto e confiava iria fazer algo para me magoar.

Inconformada com tanto desprezo fui olhar o celular dele e para minha surpresa ele estava de conversa com a outra mulher (om). Briguei, ele disse que não era nada. Neste período estava visitando a igreja batista em BH, em um domingo me arrumei para ir a igreja, estava muito aflita pois não estava mais aguentando aquela situação, no meio no caminho resolvi voltar para casa decidida a acabar com o casamento.

Cheguei em casa transtornada foi uma das piores brigas, nos agredimos verbalmente e fisicamente, pedi para ele desbloquear o celular que queria ver WhatsApp, quando ele desbloqueou a primeira mensagem foi da om e ela logo falo oi e eu respondi, ela achando que era ele, perguntou se ele estava em casa eu respondi que sim, logo ela disse que queria ele na cama dela. Senti um dor na alma com raiva, liguei pra ela ameacei, e ela fez um boletim de ocorrência por ameaça. Quebrei o celular dele peguei minha bolsa e fui dormir em um hotel. Retornei para casa pela manhã conversamos ele o tempo todo debochando, hoje entendo que era o inimigo de nossas almas me afrontando.

Por muitas vezes meu marido me pediu a separação e eu com as forças do meu braço sempre o convencia a ficarmos juntos. Assim segui até que em abril de 2015 meu marido me falou que seria mandado embora e que eu teria que voltar para o Rio de Janeiro e ele ficaria, pois teria que cumprir aviso. Mal sabia eu que era tudo mentira, ele queria ficar com a om. Retornei para o Rio e com a graça de Deus voltei para a mesma empresa e para o mesmo cargo, glória Deus!!

Ele vinha ao Rio de quinze em quinze dias e olhe lá, e quando vinha era só brigas horríveis. Já cansada de tudo resolvi "viver" minha vida, mais no fundo queria meu casamento, mas não sabia como lutar. Ele chegou a terminar com a om e disse que queria o nosso casamento e nessa tentativa de reatar engravidei. Ele não gostou e falou que esta era minha opção de ser mãe. Segui com uma gravidez muito turbulenta, tive vários princípios de aborto, fique 15 dias de repouso.


Com três meses de gravidez em janeiro de 2017 ele me disse que não dava mais e que me daria toda assistência, mas que o nosso casamento acabou, eu não dei importância até porque depois eu o convencia e ele voltava, engano meu. Seis meses se passaram e no nascimento do meu filho ele fala para todos que pra mim ele não voltaria e que era para todos se acostumarem. E meu marido voltou para om.

Meu filho com um mês de vida comecei a me sentir estranha, eu andava de um lado para o outro, liguei para minha mãe, pois estava de resguardo achei que fosse algo relacionado, que nada. A coisa foi intensificando fiquei quatro dias sem dormir, eu media o corredor da minha casa, não consegui entrar no meu quarto, não conseguia ficar sozinha em casa tinha a sensação de morte.

Eu falava pra minha mãe que iria morrer ou ficar maluca. Minha prima sonhou comigo ela não sabia de nada, ela falou: “Deus me mostrava você andando de um lado para outro e sua costa toda marcada como se você estivesse apanhado muito”, o inimigo queria acabar com a minha vida. Sem direção fui parar no centro espírita, saí de lá apavorada, no fundo sabia que não era ali que deveria ir.

Ao lado da minha casa tem uma igreja entrei desesperada pedindo ajuda as irmãs que começaram a me ajudar em oração. Fui para no psiquiatra que me falou que eu não tinha nada e que passaria remédio apenas para eu dormir. Fui para a psicóloga mais logo sai. Em busca de resposta fui procurar um pastor que é psicólogo. Gente ele me falou tanta bobagem e ainda no final falou que meu marido iria pagar tudo no inferno que era pra eu arrumar outro. 

Com isso eu falava pra todo mundo o que meu marido fez comigo. Mas, não satisfeita com a resposta do pastor fui buscar na internet por casamento restaurado e encontrei o blog da Sol, o Restaurar Casamentos, mandei o e-mail, mas achei que ela nunca iria me responde, para minha surpresa ela me respondeu prontamente. Ela me colocou no grupo Restaurar, eu mal falava mas segui todas as orientações. Voltei para a igreja pois estava afastada há anos, orações pela madrugada, jejum, li o livro “Como Deus pode e vai restaurar seu casamento”, leitura da palavra, fiz campanha na igreja, monte. Minha vida começou a tomar rumo. 

Deus começou a operar na minha vida, comecei a sentir uma paz tremenda, glórias a Deus!!! Neste período meu marido foi transferido para o Recife e logo levou a om para morar com ele . Me desesperei, pensei em desisti já não estava mais aguentando, mas segui na busca, agora pela minha vida, minha restauração pessoal. Em umas das campanhas que fiz um irmão me falou que naquela semana eu iria saber que Deus estava na frente, guardei. No final de semana meu marido veio nos visitar e quando ele foi embora ele esqueceu o tablete na minha casa e eu fui olhar vi milhões de fotos com a om que tristeza!!!

Quando entrei no e-mail vi que ele tinha dado entrada no divórcio sem me comunicar e ele queria tudo resolvido até novembro 2017. Neste mesmo e-mail o advogado falava que tinha entrado em contato comigo que só faltava eu assinar a procuração, só que ele nunca entrou em contato comigooooo, fiquei desesperada!!! Logo lembrei o que o irmão tinha me entregado, Glorias a Deus!!!

Fiquei em silêncio e segui minha busca, comecei a viver, me arrumar. Sabia que Deus iria fazer, mas no tempo dEle. Voltando um pouco no tempo, em oração na madrugada eu ouvi Deus me falar que seriam 10 meses, isso foi em julho de 2017, como sempre achei que fosse da minha cabeça segui esses meses martelavam na minha cabeça. Meu marido passou o Natal conosco e ficamos juntos. Falei no grupo e a Rose e Sol falaram, que bom, mas não confie no homem, continue olhando para o alto, assim fiz. Deus começou a trabalhar na vida do meu marido, ele começou a vir com frequência nos visitar, passou meu aniversário comigo, Deus é bom!!! 

Em março de 2018, meu marido começou a falar que queria voltar para o Rio de Janeiro, entreguei nas mãos do Senhor, logo após ele participou de um processo em outra empresa, ficou aguardando a resposta final que demorou. Certo dia ele me manda uma mensagem pedindo para eu orar, pois queria voltar para o Rio e ficar com nosso filho, eu fiquei sem saber o que responder e perguntei no grupo e a Sol me disse: “fale que está nas mãos de Deus”. 

Na outra semana ele veio a Rio e me disse que entraram em contato com ele, era o mais novo contrato e que ele voltaria para o Rio...Deus é fiel!!! No dia 30/4/18 (10 meses exatos) meu marido chegou ao Rio de mala e cuia rsrsrs. A om ligava desesperada porque ele terminou com ela, Eita glória!! Meu marido ficava o dia inteiro na nossa casa, mas a noite ia para a casa do pai, orei e falei senhor toma a direção, a casa dele é aqui e não lá. Uma semana depois meu marido estava dormido em casa e falo que estava muito feliz perto da gente, louvado seja o nome do Senhor que vive e reina para todo sempre!!!

Agora estou escrevendo meu testemunho para glorificar o nome do meu Senhor e vendo ele e nosso filho dormido, que coisa linda!!!

Neste período irmãos conheci um Deus maravilhoso, Ele me curou, segurou em minhas mãos e me ajudou a passar pelo deserto e aprendi na dor, e hoje eu olho e vejo que tudo cooperou para hoje eu ser uma pessoa melhor. A luta não terminou, meu marido precisa de libertação e conhecer esse Deus maravilhoso. Sigo avante eu e minha casa serviremos ao senhor!!!!

O blog Restaurar me ajudou demais, lia e relia todos os testemunho virei expert em testemunho de restauração. Agradeço imensamente a Sol, eita mulher abençoada e a todos do grupo Restaurar, minha pastora, Elizângela que Deus abençoe a vida de vocês!!! Meus irmãos não desistam jamais Deus é fiel e vai restaurar o casamento de cada membro do grupo eu creio e contem comigo sempre!!!!

A luta é árdua mais a vitória e certa!!!

Fiquem com Deus!!!

Elaine Dantas
Elainescdantas@gmail.com

 

sábado, 2 de junho de 2018

Jejum de Josué


A paz pessoal, postei ainda há pouco um áudio no Youtube e comentei que o Grupo Restaurar irá fazer o Jejum de Josué, muitas pessoas se interessaram, então para contemplar a todos resolvi disponibilizar as instruções com as orações do jejum. Que Deus abençoe a todos nessa semana de oração. 

................................................................................................................
📣📣📣 Cerco de Jericó – propósito de Josué (7 dias de oração e jejum)

“Pela fé caíram os muros de Jericó, depois de rodeados por 7 dias” (Hebreus 11, 30)

O Cerco de Jericó é um combate de sete dias e sete noites de oração, diante de Jesus Cristo. No Livro de Josué capítulo 6, o povo de Israel viu-se diante das grandes muralhas de Jericó que os impediam de prosseguir a caminhada. Obedecendo a voz de Deus, Josué, sucessor de Moisés e líder do povo, convidou os Israelitas a orarem durante sete dias e sete noites rodeando as muralhas de Jericó, tendo à frente a Arca da Aliança, sinal da presença de Deus que caminha com seu povo.

Josué e os Israelitas acreditaram na promessa divina de que no sétimo dia durante a sétima volta as muralhas cairiam e eles alcançariam a vitória, coisa que de fato aconteceu porque o Senhor é fiel e cumpre suas promessas! Nessa semana até iniciar o jejum vocês vão orar para Deus mostrar quais os pecados que precisam ser confessados para estarem prontos a entrarem nesse jejum. 
O jejum começará na segunda-feira (4/06/18) e será de 7 dias. 

❇ ORIENTAÇÕES 

Lembrem-se que este é um jejum ou seja, (SEM COMIDA E SEM BEBIDA), o horário do jejum ficará a cargo de cada um, você saberá quantas horas poderá ficar em jejum, desde que seja no mínimo 6 horas. O horário das orações também é livre porque muitos trabalham, tem compromissos durante o dia, filhos, etc Meditar sobre Meditar sobre “(Josué 6: 1-27)”, durante os sete dias e orar as orações solicitadas neste propósito. Após meditar e orar, você vai ouvir o toque do Shofar e das trombetas (vou disponibilizar aqui). Mentalize o que você quer que caia por terra na sua vida, assim como aconteceu com as muralhas de Jericó. Se possível, rodear uma vez a sua casa, ou local de trabalho, ou os pedidos de oração, os pedidos de orações do Grupo e sua lista de metas a realizar neste ano de 2018, durante esses 6 dias. Detalhe: Você vai rodear ouvindo o shofar e, *EM SILÊNCIO *.

Som do shofar



Som da trombeta



✳ NO ÚLTIMO DIA DO JEJUM - domingo (10/06/18) No sétimo dia, você colocará o som das trombetas 7 vezes e rodeará 7 vezes, a sua casa, local do trabalho, fotos, pedidos, enfim o que se dispôs a rodear, e ao final soltará o grito de guerra, para externalizar toda pressão da alma (se preferir coloque um travesseiro na boca para as pessoas não pensarem que está louco). Depois desse ato profético coloque para tocar o louvor “Meu Deus é grande” (vou disponibilizar aqui também). Ouvindo o louvor você marche com as mãos levantadas para o alto como um exército de guerra.


Visualize em sua mente as muralhas de Jericó vindo ao chão, isso estará representando as muralhas, as fortalezas da nossa mente e da mente de nosso familiares vindo ao chão para que a luz do evangelho de Cristo resplandeça sobre nossas vidas, e todo o impedimento das coisas pelos quais estamos orando virá ao chão.

- Peça ao Espírito Santo revelar o que você precisa confessar (pecados não confessados) e confesse-os; 
- Procure a cada dia ter mais intimidade com Deus; 
- Coloque diante do altar de Deus as intenções deste propósito; 
- Quando for orar as passagens bíblicas, ore na primeira pessoa ou ore no plural para a sua família; 

O SHOFAR, um instrumento feito dos chifres de um carneiro, cujo nome vem da raiz hebraica que significa "beleza", é um dos mais antigos símbolos bíblicos e judeus. O som da buzina ia aumentando em extremo, Moisés falava e ELOHIM respondia em voz trovejante. Desde os tempos da entrega da Torah (os mandamentos) sabemos que se tocava o SHOFAR nos eventos proféticos, como aconteceu na entrega das tábuas da Lei. 

O SHOFAR não somente cumpre o propósito na dimensão física, natural e material, mas vai mais além, o SHOFAR também cumpre um propósito quando o escutamos tocar na dimensão espiritual, ou seja, quando se escuta o som na dimensão física seu toque se manifesta na dimensão espiritual e profética. O SHOFAR é um instrumento que se pode utilizar na guerra espiritual. O Senhor desenhou o SHOFAR de tal forma que um só som confunde o inimigo. 

“Como o som profético do shofar, por sete vezes marcharei e as muralhas cairão” 

⛔❌ 

Ninguém é obrigado a fazer esse propósito, mas quem for fazer, faça com responsabilidade e não quebre o jejum, até porque estará orando por todos do grupo.

📖 Palavra do Jejum de Josué Leitura dos capítulos 

1º dia (segunda-feira) - Josué 1, 2, 3 e 4 
2º dia (terça-feira) - Josué 5, 6 e 7 
3º dia (quarta-feira) - Josué 8, 9 e 10 
4º dia (quinta-feira) - Josué 11, 12, 13 e 14 
5º dia (sexta-feira) - Josué 15, 16 e 17 
6º dia (sábado) - Josué 18, 19, 20 e 21 
7º dia (domingo) - Josué 22, 23 e 24 

Que Deus abençoe a todos nesse jejum!!!

Fiquem na paz!!!

Sol

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Do deserto de Murmuração para o deserto de Revelação até enfim chegar a RESTAURAÇÃO



Para quem gosta de testemunho com riqueza de detalhes, esse com certeza vai acertar em cheio os vossos corações. Estou muitooo feliz por essa restauração, tenho certeza que a nossa amiga Laila precisou passar por tudo isso para colocar o Senhor no lugar que realmente Ele merece.

"Laila seu tão esperado dia chegou e hoje estamos felizes glorificando a Deus pelo seu lindo testemunho, sempre digo que os melhores testemunhos são os mais sofridos rsrsrs, aí tem mais história para contar!!! Na realidade sabemos que não existe mais ou menos sofrimento, cada um tem uma história e Deus tem o dia certo para entregar o milagre, basta crer e você confiou, que Deus abençoe você, sua casa, sua família!!!"

Sol

..............................................................................................................

Quero começar glorificando a Deus pelos recomeços que Ele nos permite viver. As batalhas são intensas e difíceis porém o nosso amado Pai é misericordioso e nos dá novas chances de seguir vencendo Nele! Ele é BOM, Ele é FIEL, ELE é SOBERANO, ELE é PRESENTE, ELE é LINDO!!!

Meu nome é Laila, estou com meu marido a quase 9 anos, 1 ano e 4 meses de namoro e 7 anos de casamento. O deserto começou bem antes de me separar do meu marido, há algum tempo eu já havia destronado o Senhor do meu coração e coloquei meu casamento no lugar, na ilusão de que ele tinha que ser perfeito e por isso merecia toda a minha atenção, foi aí que eu caí!

Sou uma adoradora, o Pai deve ser o centro da minha vida e aos poucos a amargura de estar vivendo momentos difíceis me cegou a ponto de me afastar do Senhor. Passei a ficar soberba, amarga, rixosa, gotejadora e difícil, com tudo isso acontecendo em mim, meu marido começou a ficar mais distante e infelizmente voltou a estudar e nesse retorno que eu mesma incentivei muito, ele se desviou, começou a beber e fez outras amizades, no início do ano 2017.

Em Julho de 2017 vi uma mensagem suspeita no whatsApp dele e isso amargou ainda mais meu coração, ele disse que era uma brincadeira e que não havia nada de sério com aquela "amiga" da escola, conversamos mas aquilo foi a seta certeira do diabo para azedar de vez meu coração. Começaram as brigas, os dias que ele chegava mais tarde em casa, os "churrascos" com os amigos e as bebedeiras chegando de madrugada em casa. Eu, ao invés de correr para os pés do Senhor para salvar meu casamento, permiti que meu coração azedasse contra meu marido e decidi que não o queria mais.

Aguentei até o dia 02/11/2017, quando ao chegar de madrugada e bêbado em casa nos agredimos e eu decidi que ia embora de casa, dia 03/11 arrumei uma casa alugada e dia 04/11/2017 tomei a definitiva e mais infeliz decisão da minha vida e fui embora com quase toda minha mobília e minha filha. Aqui começam os 5 meses e 14 dias mais tristes e difíceis da minha vida, porém a melhor escola para o RECOMEÇO!

Enfim, os 7 primeiros dias foram de alívio e novidade, casa nova, uma vida sem brigas, me reorganizando com minha filha e sabendo que eu conseguiria prosseguir, queria cuidar da minha saúde emocional e da minha filha (lembrando que saí de casa quando minha filha tinha 3 anos e 11 meses, idade em que meus pais se separaram e minha vida foi muito triste por causa disso, o diabo é astuto e ele trabalha para perdurar a história de derrota que trilhamos). Foi como recomeçar com fôlego novo e sem problemas. Mas, como cristã que ama o Senhor, mesmo ainda na cegueira eu voltei a orar, estudar a palavra e agora com o coração menos amargo e mais propenso a ouvir a primeira coisa que o Espírito Santo fez foi deixar cair o DVD do meu casamento no meu Pé durante a organização da minha casa 7 dias depois da mudança.

No mesmo instante Ele disse: "Assista todos os dias até entender o que está acontecendo". Eu obedeci e aquele dia a noite, depois de fazer minha filha dormir eu assisti o meu casamento e Deus me relembrou de cada promessa que Ele fez para nós, cada sonho que tinha no meu coração, cada palavra sobre meu marido Ele me deu e os nossos olhares um para o outro eram tão apaixonados que era impossível aquele amor que nasceu no coração de Deus ter acabado. Eu me desmanchei em lágrimas de puro arrependimento e naquele dia Deus me deu uma palavra de restauração.

Comecei a guerra para Deus restaurar meu coração nesse dia, clamei incessantemente cantando " Dá-me um coração igual ao teu, meu mestre, dá-me um coração igual ao teu, coração disposto a obedecer, cumprir todo seu querer, dá-me um coração igual ao teu!". Instantaneamente eu senti tanto amor e saudade do meu marido que eu o queria de volta de qualquer jeito, o amei nesse dia como nunca havia o amado em 6 anos e 11 meses de casamento. Segui orando todos os dias pela restauração da minha vida e da vida do meu marido.



Cheguei a dizer para Deus que Ele podia me levar e converter o coração do meu marido para que ele fosse fiel ao Senhor e feliz mesmo que fosse sem mim. Eu só sentia compaixão dele por estar perdido e sentia tanta vergonha da minha insensatez que preferia ser salva e partir para o Pai. Mas, Ele estrava escrevendo um testemunho vivo para que Ele fosse honrado em nossas vidas!

"Por isso não desfalecemos, mas ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior contudo, se renova a cada dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação está produzindo para nós peso de glória muito excelente. Não atentando nós nas coisas que não se veem; porque as que se não veem são eternas" ( 2 Coríntios 4: 16-18)
Tentei várias conversas com meu marido e avisei a ele que o Senhor restauraria nosso casamento e ele ate dizia que ia voltar comigo, mas só debochava, não ia ver nossa filha e caiu na gandaia com toda força, se sentiu livre para fazer o que quisesse e claro jogou toda a culpa em mim por ter ido embora. No dia 22/11 eu estava trabalhando a noite e no intervalo dos meus alunos eu ouvi claramente o Espírito Santo me dizer: "Vai lá que hoje você vai descobrir a resposta!". Eu levei um susto e ao final da aula fui ate nossa casa, ele forçou a porta para eu não entrar, mas ainda estava com a chave, eu sabia o que ia encontrar mas quis ir mesmo assim, abri a porta e ele estava sentado a mesa com a "Amiga" bebendo.


Meu mundo caiu nesse momento, não briguei, nem discuti, eu só disse a ele que ele não podia estar fazendo aquilo comigo, perguntei o nome dela e era a "amiga" da mensagem no celular de 4 meses antes, não restava dúvida que essa amizade colorida estava acontecendo antes mesmo de eu ir embora. Eu mantive a classe e disse a ela: "Você está cometendo um erro, vai se arrepender porque Deus vai restaurar meu casamento, nós nos amamos e essa história não acabou, não destrua uma família!". Ela quis ir embora e meu marido foi atrás dela. Sem me dar qualquer explicação. Ela apenas disse que era só uma amiga.

Eles saíram e eu me debulhei em lágrimas! Ungi a casa inteira e logo ele voltou, porque teve medo que eu quebrasse a casa, tomou minha chave de mim e disse que não tinha mais nada para conversarmos, ele iria ver nossa filha no final de semana. Eu fui embora desconsolada, passei na casa de uma pastora que eu amo muito, Pastora Virginia, contei tudo e ela me acalmou, oramos e daquele dia em diante comecei a orar e jejuar para Deus me dar uma direção na palavra. Meu marido se afastou ainda mais, via nossa filha quando eu ligava muito, ele já não se importava com mais nada, porém negava a traição a todo custo. 

Intensifiquei as orações, busquei ajuda dos meus pastores, passei a jejuar mais, a clamar a Deus para levantar intercessores em toda parte e comecei a buscar na internet materiais sobre o assunto. Foi quando encontrei o Blog Restaurar Casamentos da Sol e devorei todos os testemunhos e cada direção que tinha no site, no início de dezembro. Dia 07/12 fiz o primeiro contato com a Sol por e-mail e ela prontamente me respondeu mandando direções e o livro: "Como Deus pode e vai restaurar seu casamento." Me apaguei a palavra do Senhor... eu sabia que ele ia restaurar minha vida.

"Certamente vêm os dias", diz o Senhor, "em que mudarei a sorte do meu povo, Israel e Judá, e os farei retornar à terra que dei aos seus antepassados, e eles a possuirão", declara o Senhor" (Jeremias 30:3)


Nesse mesmo dia eu orei ao Senhor pedindo uma palavra definitiva para a virada do Senhor no meu casamento, e o meu amado Pai enviou uma amiga, mulher de oração a noite em minha casa para me dizer que esse tempo foi necessário por causa da amargura do meu coração, mas que Ele ia mudar a minha sorte e ela disse com muita unção e autoridade: "Você está clamando como nunca, acalma seu coração, cessa esse desespero porque o Senhor tem uma palavra para você, você pediu a Ele uma palavra e está em Isaías 43: 1-13". Eu li junto com ela e glorifiquei muito ao meu Deus por sua graça e poder! Eu cri e profetizei essa palavra até o ultimo dia do deserto.


"Mas agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; dei o Egito por teu resgate, a Etiópia e a Seba em teu lugar. Visto que foste precioso aos meus olhos, também foste honrado, e eu te amei, assim dei os homens por ti, e os povos pela tua vida. Não temas, pois, porque estou contigo; trarei a tua descendência desde o oriente, e te ajuntarei desde o ocidente. Direi ao norte: Dá; e ao sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe e minhas filhas das extremidades da terra. A todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para a minha glória: eu os formei, e também eu os fiz. Trazei o povo cego, que tem olhos; e os surdos, que têm ouvidos. Todas as nações se congreguem, e os povos se reúnam; quem dentre eles pode anunciar isto, e fazer-nos ouvir as coisas antigas? Apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem, e se ouça, e se diga: Verdade é. Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá. Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há Salvador. Eu anunciei, e eu salvei, e eu o fiz ouvir, e deus estranho não houve entre vós, pois vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor; eu sou Deus. Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?" (Isaías 43:1-13) 

Nesse mesmo dia eu ouvi um testemunho da Pastora Eyshila que me encheu de esperança e a música que ela canta depois da morte do filho foi como um bálsamo no meu coração, digo a mim mesma diariamente " O milagre Sou EU". A partir desse dia voltei a participar mais ativamente das programações da minha igreja e Deus me deu grandes parceiras de oração: Michele, Aline, Rosana, Regina e minha irmã, sem contar a família que mesmo não concordando com meu retorno me apoiou em oração. 

Nesse período alguns dias vinha o desespero, alguns dias vinha a solidão, alguns dias o Espírito Santo intercedia por mim com gemidos inexprimíveis porque eu não tinha forças para orar, só chorava, me arrependia, e pedia perdão o Senhor. Eu falava frequentemente com meu marido, mas ele atendia quando queria, vinha ver nossa filha quando queria e negava ter a outra mulher (OM), mas já estava andando com ela e todos sabiam. Dia 11/12/2017 foi nosso aniversário de 7 anos de casamento, ele disse que ia na minha casa a noite, comprei presente, decorei a casa, fiz jantar, sobremesa e ele simplesmente não apareceu! Foi uma noite em claro, mas em oração e clamor pela virada, pela libertação do meu marido, pela minha vida com Deus e para a vitória completa da nossa família.

Passamos o final de ano separados e sem nenhuma chance de retorno aos olhos naturais, ele começou a andar em público com a OM, mas dizia a todos que era uma "amiga". Foi o pior fim de ano da minha vida, mas o que eu mais orei. Em Janeiro nossa filha completou 4 aninhos, ele compareceu a festinha, mas não ficou muito, em todo esse tempo eu agia como se nunca estivéssemos separados, direção de deus para mim que Ele testificou no coração de uma grande amigo nosso Pastor Rodrigo, quem me confortou em muitos momentos de desespero e dor. Ele orava por nós e sempre que tinha oportunidade falava com meu marido. Meu marido dizia que me amava ainda, mas que não havia mais condições de voltarmos e ele negava a OM a todos. 

Dia 01/01/2018 eu orei a Deus e disse: "Pai, se o Senhor puder me dê respostas para acalmar meu coração, estou com muita saudades do meu marido, traz ele para perto e não me deixe viver um deserto maior do que eu suporte". Reli o livro "Como Deus pode e vai restaurar seu casamento" e comecei a planejar minha vida como se ele fosse demorar mais um pouco para voltar. O meu Pai continuava me lembrando das suas promessas para a minha vida e família. No dia do meu casamento Deus me deu uma palavra e nesse período ela voltou a queimar no meu coração:

"Ele faz com que a mulher solitária habite em família e da estéril faz alegre mãe de filhos" (Salmos 113:9)

Em janeiro Deus usava uma nova canção para me dar esperança " Fica Tranquilo" da Kemily Santos que diz: "Fica tranquilo, Deus está providenciando um sorriso, pra aquela noite que você passou aflito, o seu gemido será substituído por um hino de vitória, não ceda agora, não se limite apenas ao teu sofrimento, Deus sabe exatamente o que ele está fazendo, por mais que hoje você não esteja entendendo". Eu fui cantando, clamando e vivendo como se isso fosse passageiro.

No dia 26/01 eu me levantei de manhã com muita saudade dele e comecei o dia com a seguinte oração: "Pai, se for da sua vontade, eu estou com muita saudade do meu marido, traz ele hoje e me dá a estratégia para que ele não resista e seja meu marido novamente, eu sou só dele e ele deve ser só meu, nos faz de novo um". Novamente a poderosa palavra de Deus veio ao meu coração:

"Porquanto o marido descrente é santificado por causa da esposa cristã; e a esposa incrédula é santificada por causa do marido crente. Se assim não fosse, seus filhos seriam impuros, mas agora são santificados" (1 Coríntios 7:14)


Liguei para o meu marido e ele disse que ia ver nossa filha, eles brincaram e eu fiz almoço, nesse dia o Espírito Santo me deu uma estratégia de aproximação e nós tivemos o primeiro "Flashback"... Glória a Deus! Deus estava me ouvindo e me dando oportunidades para santificar meu marido!!! Foi a primeira vitória concreta em que vi a mão poderosa do Senhor operando em nossas vidas.  Daí em diante sempre orei para que Deus o trouxesse para perto.



Como é maravilhoso ouvir a doce voz do amado da minha alma, o meu Deus é grande e poderoso para fazer além do que imaginamos. Como o diabo é astuto ele começou a trazer notícias do relacionamento e da OM na minha casa. A OM também era casada, tinha filhos e mantinha relacionamentos extra conjugais com outros homens e não apenas com meu marido, eu ficava desconsolada a cada notícia até o dia que decidi parar de ouvir e só ouvir a Deus! Nesses momentos eu clamava adorando ao meu Deus com a Canção: "Aquieta minha alma, faz meu coração ouvir tua voz..." Clamei inúmeras vezes com ela... Cantando a palavra do Senhor e chamando a existência que Deus tivesse o trono do meu coração novamente e definitivamente.
 "Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face" (Salmos 42:5)

Fevereiro foi mais um mês em que permaneci crendo que a vitória estaria chegando e fui vivendo e convivendo novamente com as coisas de Deus das quais eu havia me afastado. Tivemos mais dois momentos de flashbacks, eu sentia meu marido cada vez mais perto de mim, para a Glória de Deus! 


Em Março buscando em Deus maneiras de facilitar a convivência inclusive da minha filha com ele, decidi me mudar e obedecer a direção da pastora Denise que me ajuda muito na fé, me mudei para mais perto da nossa igreja e da nossa casa, crendo que era um passo de fé nessa reaproximação. E funcionou, meu marido passou a ver minha filha com mais frequência e estava cada vez mais próximo, passou a vir dormir em minha casa, aparecia bêbado, de madrugada, mas Deus sempre me dizia "receba ele e o trate com amor, estou usando seu amor para purifica-lo".

Meu marido passou a conversar mais comigo e enfim a falar de retorno, mas dizia que ainda não era a hora. No dia 09/04 tivemos a primeira conversa sobre divórcio porque eu descobri que ele estava levando a OM para nossa casa com frequência e os vizinhos começaram a ter contato com ela. Ele disse que ia resolver isso e logo tudo estaria normal. Nesse período ele começou a conversar com um amigo que está afastado da igreja, mas que foi muito usado por Deus para ensinar meu marido sobre o valor da família. Ele foi um instrumento de Deus para a decisão definitiva de volta no coração do meu marido.

Deus estava trabalhando no coração do meu marido! ALELUIA! Em Abril ele passou a almoçar na minha casa, aparecia a noite as vezes e enfim no dia 18/04 me disse que eu podia voltar para casa, combinamos que íamos fazer um pequena reforma e eu voltaria para casa. Ainda estávamos meio distantes e ele bebendo e saindo muito, conversando com outras mulheres nas redes sociais, mas eu sabia que seria um passo de cada vez e Deus me dava oportunidades de exercer mansidão e amor maduro para com meu marido. O mais feliz é que meu coração era novamente do meu amado Pai e não do meu marido!!! Ele me transformou para viver um amor paciente, maduro, feliz e sem falsas ilusões e expectativas! 

"Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração" (Salmos 37:4)
Para a Glória do Senhor e minha completa alegria no dia 28/04/2018 fizemos minha mudança para a nossa casa novamente! Deus é fiel e poderoso para operar qualquer milagre! Meu marido está liberto da OM, já está desejando voltar para a igreja e está desejando caminhar novamente com Jesus, nosso amado Salvador! O nosso Deus é maravilhoso!

Estou agora cantando duas canções do Diante do trono: "Esperança e Deserto de Revelação" que relatam bem como Deus age. Tenho vivido pequenas batalhas diárias ainda contra a bebida, contra a apatia e para o amor ser restaurado nele, mas tenho visto e recebido grandes vitórias.

Hoje faz um mês que minha família foi restaurada!!! Aleluia! Minha casa está feliz, leve e cheia da presença de Deus e cheia de amor. Minha filha é novamente uma criança feliz. A vitória é penosa até chegar, mas deliciosa! Existe um caminho no deserto, não desista, clame até Deus restaurar você, clame até Deus restaurar sua família, clame até vencer o pecado, clame até alcançar a restauração e depois ADORE A DEUS e viva NELE todo o tempo! 

"Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos céus é tomado à força, e os que usam de força se apoderam dele" (Mateus 11:12)
"Quando o Senhor trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, éramos como os que estão sonhando. Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cânticos. Então se dizia entre as nações: Grandes coisas fez o Senhor por eles. Sim, grandes coisas fez o Senhor por nós, e por isso estamos alegres" (Salmos 126: 1-3)
Obrigada a Sol por tudo, pelo carinho, pelas orações, pelo ensinamentos. Aos irmãos do grupo Restaurar, testemunho liberado até que enfim! Deus abençoe cada um de vocês, a vitória é certa no Senhor! Permaneçam crendo e perseverando na fé!

Contem comigo!

Laila Lima